domingo, 11 de janeiro de 2009

Ainda bem que apareceste!

Domingo. Dia de treino longo…
Ontem tinha pensado em alterar a planificação. Manter a duração do exercício mas alterar o tipo de carga.
Hoje, depois do maravilhoso dia de ontem, decidi manter a planificação.
Escolhi a hora mais quente do dia. Qual a direcção?

Fátima? Entroncamento?Torres Novas? Ferreira do Zêzere?
A escolha foi Ferreira do Zêzere.
Tomar-Venda Nova-Alviobeira, terra do Brito e da Otília. Fui pela estrada antiga.
Após as ” curvas da Alviobeira”lembrei-me do Brito, quando com o José Augusto o íamos buscar no Datsun 100 para as provas. A paisagem é maravilhosa e o local, devido à construção de nova estrada de acesso a Ferreira do Zêzere, é muito tranquilo.
Logo depois apareceu uma placa com a indicação das localidades, Ventoso e Benfica. Curioso! -pensei.Mais um quilómetro e ao entrar na “Portela de Nexebra”, a casa de um grande amigo. O Nuno.
O Nuno vivia com os seus irmãos numa pequena casa de paredes de pedra. Tinha 11 anos. Muito humilde e educado. Um bom aluno!
A casa na altura estava em avançado estado de degradação. Hoje, fruto do trabalho, está uma linda moradia.
O Nuno deve ter agora cerca de 28 anos, sei que emigrou, espero que tudo lhe esteja a correr bem.
Continuou a corrida e Água-de-Todo-O-Ano , Lamaceiros, Águas Belas. No cruzamento para o Bêco, retorno, Ferreira do Zêzere. O relógio marcava 23 quilómetros e água fresquinha da fonte para hidratar.
Fiz as contas e pensei:
- Vão ser 35 quilómetros!
Logo pensei no dia de aniversário do Carlos em Peniche.
Foram 35 quilómetros com o Carlos, o Pajinha, o Neto e o Valentim.
O treino continuava em direcção a casa. Casais de Ferreira, Vialonga e…
Esticar o braço e retirar 6 laranjas da árvore que se encontrava no trajecto.
Na minha região as laranjeiras estão carregadíssimas. Parece que ninguém come laranjas!
Passei de seguida pelas Olalhas e Aboboreiras. 35 quilómetros.

- Ainda bem que apareceste! Disse a Susan contente de me ver .
- O Luís Carlos acabou de grelhar carne para o almoço. (acrescentou)
Um belo banho e almoço em família.

6 comentários:

António Almeida disse...

Amigo
que belo treino, a servir também para recordar outros tempos, também algumas pessoas, algumas que felizmmente continuam presentes na tua via (brito).
Eu fique-me por 1h30 no "meu" parque da paz, e correu-me muito bem, apesar de estar algum vento.
Mas que tenho saudades de um treino mesmo longo, lá isso tenho.
Continuação de bons treinso,
antónio

Carlos Lopes disse...

que belo treino amigo.. uma vez fiz um treino pelos teus lados... não sei agora o nome, é aquela localidade, quando saímos da A1 e entramos na estrada para Torres novas.. foi dai ate Fátima, pela serra, o bom foi acabar mesmo no convento de Fátima ( 25 kms). abraços

joaquim adelino disse...

Amigo Luís
Já está iniciado o caminho até Badajóz, mas é penoso andar por aí sozinho, a paisagem sempre dá uma ajuda mas como tudo na vida não existe milagres que nos substituam e temos mesmo de meter os pés a caminho.
Resta-nos daqui ir dando um empurrãozinho para completar mais essa façanha a que meteu ombros.
Um abraço

MPaiva disse...

Luis,
Parabéns pelo belo treino longo e pela descrição que nos envolve totalmente e que explica bem a razão pela qual todos gostamos de correr!

abraço
MPaiva

joaquim adelino disse...

Amigo Luís
Agora já está tudo bem com o blog.
Obrigado.
Um abraço.

Fernando Andrade. disse...

Bravo Luis
Estes treinos longos, por paisagens que nos dizem qualquer coisa, merecem, de facto, um registo sublinhado.
E nestas duas semanas, visando Badajoz, temos que "comer" km com fartura, para podermos aliviar na última. (Na penúltima também se devia, mas...)
Grande abraço.
FA