quarta-feira, 28 de junho de 2017

A Casa do Benfica em Abrantes, através do seu Grupo Coordenador de Atletismo, com o apoio do Município de Abrantes entre outras entidades e com a colaboração técnica da Associação de Atletismo do Distrito de Santarém (AAS) realizou no dia 28 de Maio de 2017, o seu 3º Grande Prémio de Atletismo.

Prova que contou com cerca de 400 atletas inscritos de entre os diversos escalões etários (Bambis a Juvenis e Juniores, Seniores e Veteranos) e com uma prova destinada para atletas de desporto especial.
Os grandes vencedores absolutos foram em masculinos Bruno Paixão (Beja AC) e em femininos, Carla Santos (Individual
Em representação da CBA, Luiz Mota foi o 19º da geral, 2º M45, com o registo de 41:29 aos 12 Km.
Coletivamente a prova principal foi ganha pelo Beja AC.

VIII Trail do Almonda

Realizou-se no passado domingo, dia 21 de maio, a 8ª edição do Trail do Almonda. Promovido pelo município de Torres Novas, o Trail do Almonda foi uma prova que já integrou o circuito nacional de trail continua a merecer a preferência de muitos atletas que, ano após ano, voltam para percorrer trilhos da Serra de Aire, na zona do Pedrógão, em duas distâncias, 30 e 15 quilómetros, aproximadamente.
Luís Mota, natural de Cem Soldos, em representação da casa do benfica em Abrantes, demorou 2 horas, 38 minutos e 55 segundos, chegando na segunda posição, com sensivelmente dois de atraso, Bruno Pereira, da UDR Zona Alta.



No mini-trail Luís Cancela, do NS Torres Novas, foi o vencedor ao cumprir o percurso em 1 hora, 8 minutos e 55 segundos.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

V Trail Castelo de Abrantes

Realizou-se no passado domingo, dia 7 de maio, a 5ª edição do Trail Castelo de Abrantes. Organizado pelo Clube de Orientação e Aventura (COA), com Carla Ribeiro ( na foto em baixo) como diretora da prova, em parceria com o Município de Abrantes.
Carla Ribeiro e Luiz Mota
Provas para todos!
O evento teve um Trail Longo (37 Km), integrado na Lacatoni Taça de Portugal de Trail, um Trail Curto (20 Km), uma Caminhada (8/10 Km) e um Trail Kid´s (500m; 1Km; 2km).

Luiz Mota, da casa do Benfica em Abrantes volta a triunfar
Dos 56 inscritos do TL, terminaram 49.  Luiz Mota, da Casa do Benfica de Abrantes, cruzou a meta em 1º lugar com o tempo de 3h12m32s, vitória que repete pela terceira vez consecutiva. Na segunda posição ficou o atleta da UDR Zona Alta, Bruno Pereira com 3:13:40, e em 3º lugar o atleta Pedro Ribeiro, do Caracol Trail Team, com o tempo de 3:21:01.


No sector feminino, destacam-se as atletas: Paula Branco, União FCI de Tomar, com 4:42:55, 2º lugar a atleta Fernanda França, Clube OGMA, 5:28:33e no 3º lugar a atleta Isabel Marques, com 5:38:36.
Trail Curto
No Trail Curto, Octávio Vicente cruzou a meta em 1º lugar com o tempo de 1:28:08, seguido pelo atleta António Almeida, Casa do Benfica de Abrantes, 1:28:14 e em 3º lugar Fernando Rosa do Ansibikers com 1:34:08.
No sector feminino, em 1º lugar a atleta Salete Tavares, Praticante/CAB, cruzou a meta com 1:51:00, em 2º lugar a atleta São Castanheira da Onda Trilhos, com 1:58:22 e em 3º lugar a atleta Joana Alves, do Caracol Trail Team, 2:04:07.

Luiz Mota vence V Trail Nabantino

No passado dia 01 de maio, realizou-se em Tomar a V edição do Trail Nabantino, uma organização da Secção de Atletismo do União FCI de Tomar que contou com a colaboração da Câmara Municipal de Tomar.
Luiz Mota, vence em casa!
No trail, o grande vencedor foi o atleta tomarense Luiz Mota, que representa a Casa do Benfica em Abrantes, tendo sido o único atleta a baixar das 3 horas, num duro percurso com cerca de 37 km, terminado com o tempo de 2h57m39. Na segunda posição terminou o unionista João Plácido que finalizou com o tempo de 3h01m48, para fechar o pódio da geral chegou Bruno Pereira da UD Zona Alta de Torres Novas registando no final o tempo de 3h07m11.

 Na competição feminina a vitória foi para Paula Branco do União FCI de Tomar, terminando com o tempo de 4h17m58 e na 2ª posição ficou a sua colega de equipa Ana Grácio (5h03m22) que se estreou nesta distancia. No pódio ficou ainda Raquel Pedro da Associação Jorge Pina registando no final o tempo de 5h06m16.
Coletivamente venceu o União FCI de Tomar com 27 pontos seguida da equipa do Tomar Runners com 83 pontos.
 No Trail Curto, com cerca de 17 km, Marco Francisco do União FCI de Tomar foi o vencedor do mini trail, cortando a meta com o tempo de 1h08m43, com uma grande vantagem sobre o 2º classificado Licínio Silva (Grupo Alegre Unido da Bajouca) que finalizou com 1h17m31 e na 3ª posição ficou o individual José Carlos Mestre com 1h18m41. Em femininos venceu Carla Barbosa (Os Matrecos) com o registo de 1h39m11, seguida de Tânia Azevedo Clube de Atletismo de Ferreira do Zêzere 01h56m05 e na 3ª posição ficou a individual Magda Caldeira (01h56m21).

IV Meia Maratona da Golegã

Realizou-se no passado domingo, 30 de Abril, a 4ª Meia Maratona da Golegã, uma prova organizada pela Câmara Municipal e Juntas de Freguesia com o apoio técnico do Mundo da Corrida.
Num dia com condições climatéricas bastante adversas, com bastante vento assim como os bastantes quilómetros de empedrado, dificultou o desempenho dos atletas. Contudo, o percurso plano foi um factor bastante favorável.

A prova rainha do evento, Meia maratona, (21,095km) teve o início junto do Largo da Imaculada Conceição (Igreja Matriz) e chegada no mesmo local, passou pelas Freguesias de Azinhaga e Pombalinho, contou com a participação de cerca de 195 atletas.

Na prova rainha, o atleta Hugo Augusto do Belém Runners venceu com o tempo de 1h 16m 02s. Em femininos a atleta Sílvia Jorge do N S Torres Novas venceu com tempo de 1h 38m 01s.

 Luiz Mota, em representação da CBA foi o 7º da geral, 2º M45 com o registo de 1:18:00h


Grande Prémio do 25 de abril - Abrantes

O Município de Abrantes e União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede realizaram no passado dia 25 de abril de 2017, pelas 10 horas, o Grande Prémio 25 de Abril, prova integrada nas Comemorações do Centenário de Elevação de Abrantes a Cidade.


Provas para todos. Na pista correram os mais jovens, já a prova principal, com um percurso com 10 km de distância, teve a partida na Alameda Carlos Lopes e meta a na Cidade Desportiva, mas propriamente no Estádio Municipal.

Individualmente, José Gaspar foi o grande vencedor, seguido de Carlos Silva e Filipe Rosa.

Luiz Mota, do CBA foi o 19º da geral, 2º M45, com o registo de 37:56 aos 10 Km.


5º Cross Noturno Batalha


Realizou-se no passado dia 22 de Abril o Cross Noturno da Batalha. 15 km electrizantes, por trilhos espetaculares, com uma organização de qualidade do AC Batalha.

Prova bastante rápida que teve como vencedor Jorge Aires. Depois de uma semana lesionado, Luiz Mota com1:07h foi o  6º classificado da geral, 1 Veterano. 

29º Grande Prémio da Páscoa/Constância

 A festa da corrida foi em Constância, no passado dia 14 de abril. A “Vila Poema” engalanou-se para receber quem a visita. A corrida completa um vasto programa das festas em honra da “Nossa Senhora da Boa Viagem”.

Corrida para todos, como gosto. Primeiro as corridas para jovens, depois o (GP), na distância de 10 km, junto do rio que mais me apaixona, o Zêzere.

Triunfos de Rafael Domingos e Joana Correia
Rafael Domingos (Casa Benfica em Abrantes) estreou-se a vencer nesta prova ao destacar-se cedo dos seus mais diretos adversários. Ele demorou 33m18s nos 10 km do percurso, com um terceto a discutir os lugares imediatos. Valdo Neves (U. Tomar) foi segundo a 23 segundos com o seu companheiro de clube, Hélder Ferreira, a fechar o pódio a 28.
Em femininos, Joana Correia (Núcleo Sportinguista de Torres Novas) dominou em 41m15s, com Deonilde Costa (AC Vermoil) a 32 segundos e Vanda Jerónimo (CA Marinha Grande) a 1m48s. Diogo Oliveira foi o último com 1h23m49s.
Mantêm-se assim os recordes do percurso na posse de Delfim Conceição desde 2005 com 29m37s e Marina Bastos desde 2004 com 33m42s. Quem batesse um destes recordes, receberia o aliciante prémio de 750 euros.



Regressado da Maratona de Paris, Luiz Mota correu os 10 km a média de 3:30 levando-o a correr o percurso em 00:35:16h, sendo o 13º da geral, 1º M45.

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Maratona de Paris 2017

O tomarense Luís Mota participou na Maratona de Paris, que se realizou no passado domingo, 9, dia em que o atleta comemora 47 anos.


A par da maratona de Nova Iorque, a de Paris é uma das mais famosas maratonas, contando este ano com a participação de 57 mil atletas de 145 nacionalidades.

Os 42 quilómetros da prova levam os atletas a passar pelos monumentos e locais mais emblemáticos de Paris, desde os Champs-Élysées, arco do Triunfo, Bastilha, bosque de Vincennes, margens do rio Sena, entre outros.

O atleta da Casa do Benfica em Abrantes, Luís Mota, concluiu a Maratona de Paris, disputada esta manhã, no tempo de 2h42m09s.

O atleta foi 161º na Geral (27º no escalão V1).


sexta-feira, 31 de março de 2017

Luiz Mota vence IV Trail Pinhal Total, em Oleiros

No passado domingo, dia 26 de março, realizou-se em Oleiros realizou-se o IV Trail Pinhal Total. Numa organização da associação Pinhal Total, contou com dois percursos, uma de 15 Km (trail Curto) e outro de 28 km (Trail Longo). Num dia de condições atmosféricas adversas, correr em plena natureza nem sempre é fácil. Terreno pesado, escorregadio, e com alguma exigência técnica.

IV Trail Pinhal Total - Oleiros

No Trail 15km, Luís Antunes, numa estreia no trail, venceu a categoria Veteranos M40, com 1h:23m:08s, Nas senhoras, Rosário Quelhas venceu a Geral Feminina e a classificação Veteranas F45 com um tempo de 1h:30m:51s.
Pódio Geral Trail Longo

No Trail Longo 28km, Luiz Mota, da Casa do Benfica em Abrantes foi o grande vencedor, 2h:54m:35s.
Depois de vencer a primeira edição, Luiz Mota regressou a Oleiros
Nas senhoras, foi grande vencedora Silvia Franco venceu a Geral Feminina, com um tempo de 3h:55m:50s.
Por equipas o Clube CB Running classificou-se em 1º lugar no Trail Curto, sendo também uma das equipas mais numerosas presentes em Oleiros e o Ourém Vida Team, triunfou no Trail Longo.
Tudo terminou num almoço convívio, onde foram entregues os prémios a atletas e equipas melhores classificados.
Grande festa em Oleiros, com uma excelente organização do Pinhal Total, Oleiros Aventura.

Classificações parciais dos 28 Km ( 30 na realidade)



14º Grande Prémio de Atletismo do Pinhal - Sertã

Foi na simpática vila da Sertã, distrito de Castelo Branco, que se realizou o 14º Grande Prémio de Atletismo do Pinhal, com organização do Grupo Desportivo de S. Domingos e Câmara Municipal da Sertã. A organização contou com a colaboração da Junta de Freguesia, Associação de Atletismo de Castelo Branco, Inatel, Bombeiros Voluntários, Guarda Nacional Republicana entre outras empresas associadas.
O evento começou com uma prova de demonstração de Marcha Atlética com o objectivo de divulgação da modalidade.


  Filipe Rosa e Kristina Saltanovic foram os grandes vencedores

Em masculinos, prova de 8000 metros, venceu Filipe Rosa do ADR Águas Belas., já em femininos a mais rápida nos 5000 metros foi a atleta do Seia , Kristina Saltanovic. Colectivamente venceu a o GD São Domingos. A Casa do Benfica em Abrantes foi a 7ª Classificada.


A representar a equipa do Casa do Benfica em Abrantes estiveram:


Iniciados Masculinos
1º Pedro Marques

Juniores Masculinos
1º João Navalho

Seniores Femininos
2ª Filipa Moutinho

Veteranos II
1º Luis Mota (na foto)

Veteranos III
1º José Durão

Colectivamente: 7º lugar
Após a entrega de prémios, a organização ofereceu um belo jantar onde não faltaram os “Maranhos”, delicioso prato típico da região.
Parabéns à organização por mais esta excelente iniciativa.
Uma prova simpática e de grande qualidade que está assinalada na lista de favoritas.

27ª Edição de Meia Maratona de Lisboa

O neozelandês Jake Robertson venceu ontem a 27.ª edição da meia-maratona de Lisboa, quebrando assim a hegemonia africana nesta prova, que teve dois atletas quenianos nos restantes lugares do pódio.
A prova feminina, cujas expectativas para a quebra de recorde eram grandes, acabou por ficar aquém, tendo a vitória ido para a etíope Mare Dibaba, que superou igualmente duas corredoras quenianas.
Meia Maratona Lisboa 2017
O atleta da Nova Zelândia quebrou este domingo a hegemonia africana dos últimos anos e bateu a concorrência com o tempo de 1:00.01 horas, superando os quenianos James Mwangi (1:00.11) e Edwin Kibet Koech (1:00.45).
Entre os portugueses, Samuel Barata, atleta do Benfica, foi o melhor, ao terminar no sexto posto com o tempo de 1:03.52 horas, repetindo o feito de 2016, quando foi também o melhor atleta masculino português.

Família Mota também esteve presente!
Mota&Mota na Meia Maratona de Lisboa 2017
Partindo do meio de milhares, teve algumas dificuldades nos quilómetros iniciais. Contudo, o atleta tomarense terminou no Top100, 85º da geral, com o registo de 1h14m34s.
Mariana Mota utilizou a prova para treinar a sua disciplina, Marcha Atlética, e foi dessa forma que encarou o desafio.
Já na prova feminina, Dibaba, campeã mundial da maratona em 2015, foi a mais rápida numa corrda algo lenta, triunfando com o tempo de 1:09.43 horas, à frente das quenianas Vivian Cheruiyot (1:09.44) e Mary Wacera (1:09.53). O melhor registo luso entre as mulheres coube a Jéssica Augusto, do Sporting, que foi sétima com 1:10.38 horas.
Na competição de cadeira de rodas, o espanhol Jordi Madera e a suíça Manuela Schar venceram com os tempos de 43.19 e 50.38 minutos, respetivamente.

Por fim, a prova da mini-maratona terminou com a vitória dos portugueses Sandra Teixeira (Sporting) e Emanuel Rolim (Benfica).

Território Circuito do Centro, Etapa III Vila de Rei

Realizou-se no passado dia 11 de março, em Vila de Rei, a 3ª Etapa do Território, Circuito do Centro. Na etapa Vilarregense da competição “Território: Circuito Centro”, participaram mais de quatro centenas de atletas, uma vez que esta foi incluída calendário do Campeonato Nacional de Ultra Trail (Séries 150). A etapa de Vila de Rei premiava os vencedores da prova +40 km com a convocatória para a Seleção Nacional de Trail Running que irá representar Portugal nos Mundiais de 2017, Em Itália, e 2018, em Espanha.
Com um traçado bastante exigente, mas com uma paisagem natural de excelência, os atletas fizeram bastantes elogios ao percurso, que percorria alguns dos mais importantes pontos turísticos do Concelho, onde destacaram “as paisagens de rara beleza”. Os atletas Tiago Romão e Inês Marques, ambos da equipa U.F. Comércio e Indústria Atletismo, foram os vencedores da prova +40, garantindo assim o passaporte para representar Portugal nos Campeonatos do Mundo de 2017 e 2018. As provas de +20 foram vencidas por Fábio Fontoura, também da U.F. Comércio e Indústria Atletismo, e por Daniela Russo, da Oralklass – Amigos do Trail.
Luiz Mota, vencedor do circuito Território 2016 e a assumir a liderança do circuito de 2017
Dos atletas participantes no circuito, Luiz Mota, da casa do Benfica em Abrantes foi o 20º da geral, 1º M45, com 05h:08m e o primeiro dos atletas do Território Circuito do Centro (TCC). Com este resultado, o atleta tomarense assumiu a liderança na geral do (TCC) e do escalão de M45, do campeonato nacional de Ultra Trail.
Evento organizado pela Horizontes, Lda, com o apoio do Município de Vila de Rei, com provas masculinas e femininas de +20 km e +40 km. Para além de ser parte integrante do

No final do dia, o Auditório Municipal de Vila de Rei recebeu ainda a Gala da Entrega de Prémios da Associação de Trail Running de Portugal, correspondente ao ano de 2016. A iniciativa, que pretendeu premiar os atletas que mais se destacaram ao longo do último ano, contou com a presença do Vice-Presidente do Município de Vila de Rei, Paulo César Luís. Nas suas declarações pós-prova, o Vice-Presidente do Município de Vila de Rei aproveitou para “agradecer a todas as pessoas envolvidas na organização da etapa de Vila de Rei, nomeadamente a Paulo Garcia, da Horizontes, assim como a todos os voluntários a aos Vilarregenses envolvidos que fizeram desta prova um novo êxito. Foi o sexto ano consecutivo que Vila de Rei recebeu uma das mais importantes provas de corrida de montanha a nível nacional, confirmando o seu enorme potencial para iniciativas relacionadas com o desporto aventura.”

Classificações do Território Circuito do Centro Vila de Rei

34ª Edição das “3 LÉGUAS Á VOLTA DO NABÃO”

A medalha da 1ª Edição
Realizou-se no passado domingo, dia 5, na cidade de Tomar a 34ª Edição das “3 LÉGUAS Á VOLTA DO NABÃO”, prova organizada pelo CALMA – Clube de Atividades de Lazer e Manutenção com a colaboração da Câmara Municipal e apoio técnico do Mundo da Corrida.



Esta edição contou com a participação de cerca 700 inscritos divididos pelas várias distâncias, prova principal 15km, mini légua 1,7km e caminhada 10km.
Com o dia cinzento e chuvoso, foram cerca de 400 os atletas que se propuseram desafiar os 15kms desta prova com partida e Chegada na Praça da República e passagem por São Lourenço, Carvalhos Figueiredo, Quinta do Falcão e Marmelais.
A prova principal teve como vencedor o triatleta do Estoril Praia, João Ferreira com o tempo de 52m 45s.
No setor feminino Alexandra Oliveira da Casa do Povo de Alcanena venceu com o tempo de 1h02m02s
Luiz Mota, totalista nas 24 Edições
Luiz Mota, presente nas 34 edições da prova
Representando a Casa do Benfica em Abrantes, Luiz Mota completou a sua 34ª edição, nesta prova da sua terra. O atleta tomarense foi o 11º da geral individual e vencedor do escalão de M45, com o registo de 00:56:40h.



terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

8.ª edição do Trail de Conímbri­ga/Terras de Sicó

Às zero horas do passado sábado, dia 25, deu-se início à prova rainha na distância de 111, com passagem por mais quatro concelhos da sub-região (Penela, Ansião, Pombal e Soure), nos distritos de Coimbra e Leiria. Concluíram 284 atletas.
111Km Sicó 2017

Jérôme Rodrigues bisou o triunfo obtido na edição transata ao cortar a meta em 10h53m39s. Os lugares imediatos foram rijamente disputados com escassos 10m28s a separarem o 2º do 5º classificado. Edgar Faria (Ozxtreme/RDA) foi segundo com 11h18m49s e Gabriel Meira (EDV-Viana Trail), terceiro com 11h25m17s.
Luiz Mota, a terminar os 111km Sicó
Luiz Mota, da Casa do Benfica em Abrantes foi 9º, uma semana após a Maratona de Sevilha, com 12h10m14s.
Em femininos, Fernanda Verde, tal como o seu colega de equipa, cortou a meta destacada em 13h42m28s. Seguiram-se-lhe Carla Cabral (CMM-Escaravelhos Team) a 46m05s e Amélia Costa (OCS ProAventura) a 1h28m39s.
Após a prova, 111km, a recuperação

E no domingo, mais três provas!
Realizaram-se ainda mais três distâncias: o Trail Longo de 50 km que teve como vencedores, Mário Fonseca em 4h15m17s e Paula Lage em 5h28m01s, ambos do Dr. Merino/4moove.
No Trail Curto na distância de 25 km que esteve incluído no Circuito Distrital de Coimbra, venceram Luís Semedo (AC Portalegre/UTSM) em 2h05m38s e Inês Marques (UF Comércio e Indústria/Atletismo) em 2h28m48s.
Finalmente, o Mini Trail na distância de 15 km, feitos a correr ou a andar. Venceram Rui Rodrigues (CDCR dos CTT de Coimbra) em 58m05s e Mónica Ribeiro (Vikings Trail Runners) em 1h20m39s.
RESULTADOS ULTRA TRAIL 111 KM/CONDEIXA-A-NOVA (25/02)
Masculinos
1º Jérôme Rodrigues (EDV-Viana Trail) 10.53.39; 2º Edgar Faria (Ozxtreme/RDA) 11.18.49; 3º Gabriel Meira (EDV-Viana Trail) 11.25.17; 4º Jorge Rocha (EDV-Viana Trail) 11.25.34; 5º João Rodrigues (Amigos da Montanha) 11.29.17; 6º Paulo Lopes (AMCF-Arrábida Trail Team) 11.50.56; 7º António Quaresma (Ozxtreme/RDA) 11.53.41; 8º Carlos Correia (Ozxtreme/RDA) 11.55.21; 9º Luís Mota (C. Benf. Abrantes) 12.10.14; 10º Amândio Antunes (Afifense Trail) 12.46.23.
Femininos
1ª Fernanda Verde (EDV-Viana Trail) 13.42.28; 2ª Carla Cabral (CMM-Escaravelhos Team) 14.28.33; 3ª Amélia Costa (OCS ProAventuras) 15.15.07; 4ª Iuliia Legkova (Figueira Kayak Clube) 15.26.55; 5ª Paula Penedo (AMCF-Arrábida Trail Team) 15.39.45.
TRAIL LONGO 50 KM (26/02)
Masculinos
1º Mário Fonseca (Dr. Merino/4moove) 4.15.17; 2º Telmo Veloso (EDV-Viana Trail) 4.27.33; 3º Carlos Ferreira (Dr. Merino/4moove) 4.27.40; 4º Ricardo Silva (EDV-Viana Trail) 4.28.47; 5º Rui Pacheco (AMCF-Arrábida Trail Team) 4.29.13.
Femininos
1ª Paula Lage (Dr. Merino/4moove) 5.28.01; 2ª Susana Simões (EDV-Viana Trail) 5.38.40; 3ª Anabela Rainha (Indiv.) 5.44.34;4ª Tuxa Negri (Gin. Qtª Valbom) 6.02.59; 5ª Alexandra Fernandes (Indiv.) 6.09.58.
TRAIL CURTO 25 KM (26/02)
Masculinos
1º Luís Semedo (AC Portalegre/UTSM) 2.05.38; 2º Fábio Fontoura (UF Comércio e Indústria/Atletismo) 2.05.39; 3º Tiago Valério (AC Portalegre/UTSM) 2.09.42; 4º Diogo Pinheiro (Ozxtreme/RDA) 2.09.44; 5º Paulo Oliveira (Oralklass-Amigos do Trail) 2.12.48.
Femininos
1ª Inês Marques (UF Comércio e Indústria/Atletismo) 2.28.48; 2ª Daniela Russo (Oralklass-Amigos do Trail) 2.47.48; 3ª Marisa Rodrigues (SC Beira-Mar) 2.49.13.
MINI TRAIL 15 KM (26/052)
Masculinos
1º Rui Rodrigues (CDCR CTT Coimbra) 58.05; 2º Paulo Antunes (CDCR CTT Coimbra) 59.59; 3º Francisco Fonseca (EA Coimbra/Jpaiva) 1.00.14; 4º Márcio Pereira (EA Coimbra/J Paiva) 1.00.19; 5º João Pereira (DCI/CCDR Pedrulha/Mealhada) 1.00.57.
Femininos

1ª Mónica Ribeiro (Vikings Trail Runners) 1.20.39; 2ª Andreia Oliveira (Runner’s do Demo) 1.21.18; 3ª Manuela Antunes (Indiv.) 1.22.55

Maratona de Sevilha 2017

Luís Mota em mais uma Maratona, desta vez em Sevilha





Luís Mota, em representação da Casa do Benfica em Abrantes, concluiu no passado dia 19 de fevereiro a sua 37ª Maratona em estrada.


Esta é uma corrida que ano após ano bate "record" de participantes, porque milhares, como ele, adoram a prova rainha e rumam à capital da Andaluzia. Desta vez foram 13000 atletas sendo 1000 portugueses.




A prova justa foi sua amiga. 2:41 para uma grande Maratona (com quase 43 km!). 89º geral, 2º M45, com direito a “podium”, nesta importante Maratona internacional.

Luís Mota repete vitória em Vila Velha de Ródão

Realizou-se no passado dia 12 de fevereiro, em Vila Velha de Ródão a segunda etapa do Território Circuito do Centro. A prova, na distância de 45 km  e com um desnível positivo acumulado de 1800 D+. Classificaram-se 37 atletas, o número mais fraco das quatro edições. Em 2014, tivemos 73, em 2015, foram 80, 2016 57 e em 2017 37 atletas masculinos.
Luís Mota (C. Benf. Abrantes) repetiu o triunfo de 2014 e 2016 ao cortar a meta destacado em 4h18m11s. Em femininos, completaram o percurso apenas sete atletas. Isabel Moleiro (SS CGD) com 5h29m36s longos 47m55s.
Luís Mota e José Mota VV Ródão 2017
Realizou-se ainda um Trail na distância de 26,2 km com um desnível positivo acumulado de 1.070 metros. Daniel Dias e Anabela Remédios foram os Grandes vencedores.

Vila Velha de Ródão 40+ Masculino

POSIÇÃO
DORSAL
ATLETA
EQUIPA
TEMPO TOTAL
61Luís Carlos MotaCasa do Benfica em Abrantes04:18:11
251João Filipe FerreiraO Mundo da Corrida04:39:30
240André RibeiroIndividual04:43:04
729Bertrand Réjou-MéchainWLA05:07:01
816José BrandãoAC/Portalegre/UTSM05:07:14
46Lino LuzAMCF - Arrábida Trail Team05:08:08
915Paulo CostaO Mundo da Corrida05:22:07
903Luís SoaresClube Ogma05:32:45
296Pedro LuzioSSCGD05:33:27
110David FaustinoSSCGD05:35:03