domingo, 22 de março de 2009

19ª Meia Maratona de Lisboa

Hoje foi o dia da peregrinação!

Logo pela manhã milhares rumaram à capital para participar na 19ª Edição da Meia Maratona de Lisboa.
O Grande Vencedor foi o queniano Martin Lel.

De Tomar também foi uma grande comitiva para esta prova

Em Lisboa o grupo ficou maior.

De comboio fomos para a outra margem.

Ao chegar, uma banda filarmónica saudava os participantes. Algumas dificuldades para aceder ao local de partida, mas com calma tudo se resolveu.
Enquanto aguardávamos, sem qualquer tiro de partida, lá arrancamos.

A prova correu-me muito bem. Obrigado a todos pelo apoio antes durante e após a prova.

























O tempo oficial foi de 01.16.58 e o tempo chip foi 01.16.05. Consegui a 87º posição da geral mas se o tempo real fosse o tempo em que efectuei a prova seria o 77º atleta mais rápido em competição.

O meu irmão, Manuel Mota, efectuou 01.35.00

Após a prova com amigos!

E com o Daniel do Vale do Silêncio...

Já em Belém a comitiva saboreou uns deliciosos pastéis.


Depois foi voltar e resolver o “enigma da chave”. (Tive de ir correr com a chave na porta do carro porque esta ficou “Colada no canhão”).
Após largos minutos de “desespero” lá se resolveu.

Seguimos para o local do “Pic-nic “. Aguardava por nós a “saborosíssima feijoada à moda do Zé" acompanhada com um belo vinho produzido na adega do meu irmão e com um belo pão que também ele amassou e cozeu. A mesa era também composta muita coisa deliciosa!


Um grande convívio, com direito a música popular.
Seguiu-se um agradável passeio pela parque expo antes do regresso a casa.

14 comentários:

Susana disse...

Muitos Parabéns L.Mota!
Excelente resultado, 1h16!
Continue assim, sempre a melhorar!
Beijinhos meus para a Família Mota

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
-o--oO--(_)--Ooo-
Parabéns meu amigo Luis brilhante prova que fizeste hein, belissimo tempo também 1hora e 16minutos tempo de corredor de elite, vc merece, parabéns a Equipe De Tomar por comparecer em massa nessa bela prova e também por seu irmão ter corrido também, agora não judia dos leitores do seu blog não Luis que ótima mesa de comida que vc postou aqui, fiquei com água na boca...rsss...

Um abraço,

JORGE CERQUEIRA
www.jmaratona.blogspot.com

Carlos Lopes disse...

Luis, os meus parabéns, grande tempo. Estas mesmo em plana forma. Ainda passei 2 vezes por ti, bem, passaste tu por mim, não não gritei, apenas por uma razão, ia convidar pra uma cervejinha, mas como ias muito bem na prova, nao disse nada. Mas estive com o teu irmão " Paraquedista". abraços.

JOSÉ NARCISO disse...

Parabén Luis!!!
Excelente resultado, força!!!
1 abraço
José Narciso

joaquim adelino disse...

Grande Luís. Finalmente uma grande marca. Essa marca iguala uma que eu fiz à 17 anos na Marinha Grande.
Estou convencido que ainda é possível vir para a casa da 1,15h dentro de pouco tempo.
Eu deveria ter pensado que vocês iam ali para o Parque das Nações, mesmo sem ser convidado eu ia lá só para os cumprimentar, e não falaria verdade se dissesse que não estava interessado no petisco.
Eu cruzei duas vezes com o Paulo Póvoa mas nunca o vi a si. A não ser por aquela fóto da chegada.
Então até Domingo em Salvaterra de Magos.
Um abraço para toda a família.

António Almeida disse...

Amigo
grande tempo, os meus parabéns.
Parabéns também para todos da tua comitiva presentes.
Continuação de boas corridas e cumprimentos para o resto da família.
Grande abraço

Ricardo Baptista disse...

Luís Mota, o homem mais em forma que eu conheço...
e a melhorar!
Um grande abraço.

João Meixedo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Meixedo disse...

Em grande, Luís. Cruzei-me contigo duas vezes e das duas te gritei palavras de incentivo, mas ias tão rápido que a velocidade do som não tinha hipóteses de te chegar em tempo útil :)
Pena não te ter encontrado no fim, mas provavelmente já estava em Tomar quando cortei a meta ;)
És, de facto, de outro campeonato.
Brilhante.
Parabéns e grande abraço.

Mark Velhote disse...

Olá Luís,

Grande tempo!
Julgo ser sem dúvida uma óptima prova para bater records!
Os quenianos que se cuidem para o ano!

Abraço

Duarte Gregório disse...

boas,
vamos a ver se pro ano participo tambem na prova, pois vejo a reportagem na tv e é uma das provas que espero ainda fazer.
abraço

BritoRunner disse...

Já tinha passado pelo teu blog mas não tinha postado nada.
Mas agora com mais tempo posso dizer que realmente tu não paras de melhorar, nem sei onde isso vai parar.
Grande Mota 1h16 e dentro dos 100 primeiros.
relativamente ao piso para treinar, sabes que podes sempre passar por cá, seria um prazer ter a tua companhia para treinar (tem é que ser a 5/km) :D

Abraço e boa prova por Salvaterra, para ti 12km é um dia de descanso...hehehe

JCBrito

Ricardo Francisco disse...

Só uma palavra : Consistência !!!
È o que o Luis vem demonstrando.
Quando o vi a fazer a curva para a recta da meta fiquei supreso...mas não pelo tempo que fez que isso eu sei que ainda faz melhor. Foi apenas porque não sabia que estava em prova ! E fiquei com a impressão tb que o Luis tá bem mais magro ! Excelente trabalho.

Abraço

José Capela disse...

Caro, Luís

Parabéns pelo resultado.

Ja escrevi varias vezes o que penso da meia-maratona de Lisboa , no entanto não é por tecer todos os anos várias criticas à organização que deixo de participar.

A 'meia da ponte' foi o meu baptismo em competições no já distante ano de 2002, daí até agora muita coisa mudou na minha vida, obviamente por culpa dessa 'meia'. Por tudo isso e penso que é muito, embora criticando, todos os anos tenho participado, com a excepção de 2003 devido a uma pequena lesão.

Aliás, nesse longinquo ano de 2002 fui daqui da minha terra sozinho, no domingo passado fui com mais 50!
25 correram a meia e 25 fizeram a mini.

Fomos no sábado, pernoitamos nos bungalows do parque de campismo de monsanto (14 só à nossa conta) e depois fomos no comboio para a outra margem fazendo uma verdadeira festa.

O meu clube tem essa meia no seu calendário de corrida, como forma de convívio entre os atletas e familiares pelo que para o ano certamente voltarei a estar na ponte e provavelmente renovando as críticas que todos os anos faço.

Boas corridas.

Abraço

José Capela