domingo, 25 de setembro de 2011

Meia-Maratona de Portugal2011: Vitória para Silas Sang

O queniano Silas Sang foi o vencedor da Meia-maratona de Portugal 2011, com o tempo de 1:01.13 horas, enquanto a vitória no sector feminino sorriu à compatriota Mary Keitany, com 1:07.54, novo recorde da prova.
Em masculinos, o pódio foi completado pelos também quenianos Lucas Rotich (1:01.38) e Benson Olanakeri (1:02.19), com Hermano Ferreira a ser o melhor português, no sétimo lugar (1:03.56), à frente de Luís Feiteira, que foi 10.º (1:04.33).

No sector feminino, Mary Keitany conseguiu bater o recorde da prova, deixando a segunda classificada a mais de um minuto.

Numa prova com cerca de 17.000 atletas, os quenianos dominaram totalmente, ao garantirem sete entre os nove primeiros lugares, do sector masculino e outros tantos entre as oito melhores da corrida feminina.

Foi bom estar em Lisboa
Em boa companhia, durante a Meia Maratona de portugal 2011

Pelas 6 da manhã rumei à capital. De autocarro fui até ao tabuleiro da ponte, uma hora antes da prova.
Sentado no chão, em amena cavaqueira com um grupo de atletas, aguardamos de forma tranquila a partida, que foi dada pelas 10.30 h. Depois foi correr num dia fabuloso, a meia Maratona de Portugal, num tempo de 01:16:45 h (oficioso), o que me deixou muito satisfeito.

Depois de terminar, vim a caminhar em sentido contrário ao da corrida. Apreciei as passadas determinadas de milhares de atletas, verdadeiros campeões. Revi e cumprimentei grandes Amigos, até que chegou a Susan, que acompanhei nos 3 km finais.


Agradeço a todos os Amigos as palavras de incentivo, durante a prova.
Grande evento, excelente organização. Adorei esta prova!

4 comentários:

Carlos Lopes disse...

Mota...

Parabéns amigo... és sem duvida um Guerreiro

João António Melo disse...

É uma bela prova e o amigo fez um excelente tempo. Um abraço!

joaquim adelino disse...

Pois é amigo Mota, nós não podemos ter sempre os mesmos gostos, enquanto eu via a rapaziada a passar e ia ao mesmo tempo tirando fotos tive a oportunidade de apreciar a bonita paisagem que aqueles milhares de atletas iam proporcionando, (fiquei surpreso e ao mesmo tempo satisfeito por te ver ali) pois não sabia que ias participar. Não tenho dúvidas que esta é uma excelente competição, apenas dicidi que a esta não vou. por duas razões: é mais uma de alcatrão com a agravante de se chamar Ponte Vasco da Gama em vez de Avenida Infante D. Henrique que é onde se efectua cerca de 3 quartos da prova. Mas isto sou eu a desabafar, como sou eu a pagar tenho direito de escolher e as organizações de provas não têm que satisfazer os meus caprichos.
Gostei e apreciei a tua corrida sempre solta e em ritmo sempre certo, não admira a marca final que foi muito boa, as duas vezes que cruzaste comigo, aos 5 e aos 20 kms, o ritmo era muito bom e sempre me pareceu que ias à vontade, o que revela uma excelente condição física. Se tudo correr bem penso que no Alqueva podes sonhar com um bom lugar na classificação geral.
Abraço.

Mário Lima disse...

Luís

Estive a ver as fotos da prova (na AMMA) e há lá uma que é impressionante. A 'largura' das tuas pernas quando corres. É cá uma passada que demonstra bem a categoria de atleta que és.

No teu tempo há algo que me intriga, como é que o tempo oficial é menos que o tempo do chip? Mas não é só o teu caso, devem ter sido mais rápidos que a própria sombra.

:)

Parabéns Campeão extensivos à Susan.